Casinha Caipira

Para encher de vida essa casa de 75 m², toda construída com materiais de demolição, colorimos as paredes e renovamos móveis usados e antigos com pintura, tecidos e outros revestimentos em tons intensos.

Casinha Caipira

As cores fortes, e até fluorescentes, das listras das mantas aguaio, usadas para carregar bebês na Bolívia, inspiraram a Karina na decoração da casa. “Sou filha de mãe boliviana e guardo comigo a manta na qual ela me carregava quando criança. Sempre gostei de decorar misturando cores intensas que alegram e enchem de vida a casa. Faço tudo descombinado, mas fica bonito. Fiz uma construção simples e funcional, que tem cara de caipira, com telhado de uma água e uma pequena varanda na frente.”

Casinha Caipira Casinha Caipira
Na obra, Karina empregou diversos materiais de demolição: janelas, pias, portas e vidraças. “Adoro aproveitar tudo o que é entulho ou jogado no lixo. Isso reduz o custo da construção e é bom para o planeta”, diz ela, que fez o piso de cimento queimado, com exceção do quarto onde instalou carpete de madeira. Para aumentar o pé-direito, o forro de pínus pintado de branco, fica junto aos caibros do telhado e deixa aparente a viga central.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s